Atrações

Arte

Tanto os mestres argentinos quanto expoentes das vanguardas de outras partes do mundo têm lugar no roteiro de arte portenho. Os espaços destinados à plástica oferecem uma vasta gama de artistas, de Berni, Castagnino e Xul Solar até Francis Bacon e Frank Stella.

Ver más

Buenos Aires Gay Friendly

Considerada como uma metrópole amigável, a Cidade de Buenos Aires é escolhida, cada vez mais, como destino turístico internacional pela comunidade gay e lésbica.

Ver más

Crianças

Espetáculos teatrais, musicais, circenses, teatro de fantoches. Buenos Aires tem muito para oferecer às crianças. Os principais teatros e centros culturais estão localizados ao longo da Av. Corrientes.

Ver más

Cultura

A cidade oferece passeios tradicionais e lugares segredos. O Teatro Colón e pequenos teatros experimentais. Livrarias antigas e novos centros culturais. Mais de cem museus. Feiras de artesanato e modernos centros comerciais. Cafés históricos. Tango, “milonga”. Parques. Bares onde desfrutar do primeiro até o último drinque da noite.

Ver más

Esportes

O esporte ocupa um lugar central na vida cotidiana de Buenos Aires. Como prova disso é só mencionar alguns eventos que tiveram lugar na cidade: dois mundiais de vôlei, um mundial de basquete, um mundial de futebol, infinitos jogos de Copa Davis, lutas por títulos mundiais de boxe, carreiras de Fórmula 1, jogos internacionais de rugby. Anualmente têm lugar o Torneio Aberto Internacional de Tênis e o Aberto de Pólo.

Ver más

Natureza

Bosques e lagos. Praças. Uma reserva ecológica. Duas Orlas (Norte e Sul). Bosques de amieiros e salgueiros. As ruas e avenidas estão enfeitadas com jacarandás, freixos, álamos, cinamomos e tipuanas. Buenos Aires, a diferença de outras grandes cidades, tem muitos espaços verdes. É só caminhar para comprová-lo.

Ver más

Noite

Concertos, festivais, teatro, cinema, museus, reuniões em cafés. “Milongas” e casas de tango. Bares, boates e Boliches. A atividade noturna em Buenos Aires é permanente.

Ver más

Tango

O tango se manifesta hoje nas letras (especialmente na gíria, de onde provêm muitas de suas palavras); na música (especialmente no “bandoneon”, que lhe deu à música popular do Río de la Plata o toque de queixa e melancolia que hoje identifica o tango); e no baile (aquele que se vê nos shows e que se pratica nas “milongas”).

Ver más